domingo, 13 de março de 2011

VIAJANDO NA LUFADA DE ANANDA DE KRISHNA – II*


Krishna, certa vez Você ensinou que felizes são aqueles que sentem a Pulsação do Grande Amor em seus pequenos corações.
E, hoje, eu sei bem do que Você falava.
Porque o meu pequeno coração já transbordou, há muito, na cheia do Amor...
E eu devo isso a Você!
Ah, quantas vezes Você deve ter me olhado, no silêncio do Invisível Imanente, e talvez pensado: “Ele é apenas um menino.”
Sim, houve um tempo em que o meu coração era grande... Mas, Você me mostrou que grande era o Amor. Então, o meu coração ficou pequeno diante do Infinito.
Porque o meu ego se derreteu sob a ação da Luz. E eu percebi que, grande era o Coração do Todo, onde cabem os pequenos corações de todos os seres.
E grande também é o Amor que passa pelo meu pequeno coração... E a Vida!
Sabe?... Às vezes eu me pego pensando em Você... E, aí, o meu dia fica lindo, só por isso. E me dá uma vontade danada de fazer algo legal.
Então, eu escrevo e deixo o meu pequeno coração falar sobre as Grandes Coisas do Espírito... E tudo muda!
E eu passo a olhar a dor dos homens e o vazio consciencial que tanto os consome... E, nas asas da compaixão silenciosa, eu os abraço, como se fosse Você que estivesse abraçando-os junto comigo.
Sim, eu me atrevo a pensar nisso! Porque Você me ensinou que todos os seres são pequenos avatares** do Divino.
E quando eu penso em Você, algo acontece... E o meu coração fica menor ainda.
Porque o Amor é maior do que tudo!
E, diante do Infinito, eu não passo de uma criança.
E eu fico tão feliz, que não sei mais o que dizer.
Ah, Krishna, valeu, por tudo.
P.S.:
Ele ama, e eu pego a carona.
Ele ri, e eu rio junto.
E a Sua Luz desce em mim.
E eu abraço o mundo, no abraço d’Ele.
E o meu coração me diz, “Valeu, menino!”
E, hoje eu sei: “Felizes são aqueles que sentem a Pulsação do Grande Amor em seus pequenos corações.”
E isso eu aprendi com Ele, Krishna, o Senhor dos Olhos de Lótus.
Om Namo Bhagavate Vasudevaya!***
- Wagner Borges – pequeno coração nas ondas de um Grande Amor...
São Paulo, 11 de fevereiro de 2011.
- Notas:
* A primeira parte desse texto está postada no site do IPPB – www.ippb.org.br -, e pode ser acessada no seguinte endereço específico: http://www.ippb.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=10285:viajando-na-lufada-de-ananda-de-krishna&catid=138:ultimos-textos-postados&Itemid=271
** Avatar – do sânscrito - emissário celeste; canal da divindade.
*** Om Namo Bhagavate Vasudevaya - do sânscrito - é um dos mantras de evocação de Krishna. OM é a vibração interdimensional que interpenetra a tudo e a todos.
NAMO: Saudação ou reverência ao poder divino.
BHAGAVATE: Respeito ao Senhor.
VASUDEVAYA: Vasudeva é o nome da família carnal que criou Krishna. O Ya acrescentado no final significa a característica ativa (masculina) do mantra. Quando alguém faz esse mantra completo, evoca Krishna como homem que também viveu aqui na Terra e sabe das dificuldades enfrentadas por todos.
Obs.: Sobre esse mantra, favor ver o texto “Surfando nas Ondas da Consciência Feliz – Om Namo Bhagavate Vasudevaya”, postado no site do IPPB – www.ippb.org.br -, no seguinte endereço específico:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário: