domingo, 7 de novembro de 2010

DESEJO DE GRÁVIDA.

-Amor... Amo-or, acoorda!!!Desorientado e assustado, o sujeito se levanta e pergunta:-O que aconteceu?-Estou com desejo de comer carne de urubu. Urubu???

-Mas onde é que eu vou achar um urubu essa hora??? -Vai ao lixão, amor.-Tá louca! Eu não vou ao lixão é nada, ainda mais essa hora. Se quiser, pinta um frango de preto, mate e coma!Puta da vida, ela fala:-Você vai se arrepender se nosso filho nascer com carinha de urubu.

Nove meses se passaram... Chega o dia do parto e, quando o cara vai ver seu filho querido, vê que seu herdeiro é "pretim, pretim."

O retardado, cheio de remorso, corre para a casa de sua mãe e diz:

-Mamãe, eu não quis dar carne de urubu pra a minha esposa quando ela estava grávida e sentiu desejo. Agora meu filho nasceu preto como o bicho!A mãe, bem-humorada, consola o filho em prantos:

-Esquenta não, filho.. Quando eu estava grávida de você, tive desejo de comer carne de touro. Como seu pai não arrumou pra mim, você nasceu chifrudo, e nem percebeu..


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário: